Pilates para Iniciantes: Tudo o que você precisa saber!

Pilates para Iniciantes: Tudo o que você precisa saber!

Publicado por: Mayara Publicado: 11/01/2018 Visitas: 102 Comentários: 0

O crescimento no mercado do Pilates aumentou exponencialmente nos últimos anos. Se antes a tendência era a busca por um corpo perfeito e malhado, resultado de horas na academia, atualmente a demanda no mercado é por uma atividade que forneça ao corpo o equilíbrio entre o físico e o mental.

Devido a esse crescimento, muitos alunos que buscam o Pilates para iniciantes, muitas vezes indicados por seus amigos, desconhecem como se dá a prática do Método.

Para você, profissional, é importante ter ciência, desde o primeiro dia do cliente em seu estúdio, de quais são os objetivos do mesmo ao buscar o Pilates. Pois só assim será possível adequar o atendimento daquele cliente às necessidades que ele possui.

No texto de hoje vamos falar sobre o Pilates para iniciantes e como abordar um novo cliente desde o primeiro atendimento para que você possa ter mais habilidades para engajá-los desde o primeiro contato.

Vamos lá?

#1 O que o Aluno Iniciante precisa saber sobre o Pilates?

O Pilates se difere das outras práticas devido aos seus princípios.

Sendo assim, para que o cliente entenda a diferença entre o Pilates e as outras atividades, é necessário que o profissional explique para o cliente quais são os princípios e porque eles são necessários durante a prática.

Pilates sem adoção dos princípios cunhados por Joseph não é Pilates, é apenas mais uma atividade física ou tratamento fisioterápico que resulta em fortalecimento e em alongamento.

Uma boa opção é explicar para os clientes sobre qual a função de cada um dos princípios durante o primeiro atendimento do Pilates para iniciantes, pois quando o cliente entende o motivo da aplicação de cada princípio, fica mais fácil para ele adotá-los durante os exercícios.

Além do mais, essa atenção especial aos princípios acaba sendo um diferencial em relação a outros estúdios.

Mas, então? O que deve ser dito ao cliente nos seus primeiro atendimentos do Pilates para iniciantes?

Você pode dizer ao seu aluno que o Pilates é um método que irá se adequar às necessidades de cada um dos alunos, independente da sua capacidade física. Que através dos atendimentos o mesmo estará trabalhando não somente seus músculos, mas também a sua mente, pois o Método adota a integração de ambas as áreas.

É necessário explicar para seu cliente sobre quais são os resultados que o Pilates pode proporcionar para ele.

Como o aumento da flexibilidade, da força muscular, diminuição de dores (principalmente crônicas), melhora da postura, enrijecimento dos músculos, etc.

Além disso, é importante também que você converse com seu cliente sobre quais são os resultados que ele não conseguirá atingir apenas com a prática do Pilates para iniciantes, como o emagrecimento rápido e a hipertrofia muscular, por exemplo.

A explanação destas informações instigará mais confiança no seu cliente em relação a você e ao seu estúdio, sendo assim, não se esqueça de deixar claro estas informações nos primeiros atendimentos.

#2 Principais Dúvidas de um Aluno no Pilates para Iniciantes 

Por ser um método criado na década de 20, ou seja, relativamente novo, muitas dúvidas ainda giram em torno de sua prática, sendo assim, neste tópico iremos discorrer sobre as principais delas.

  • Pilates Emagrece?

Essa, na prática, é a pergunta mais feita. “Ouvi falar que Pilates emagrece, Mas, emagrece mesmo?”

É muito importante responder esta questão da forma adequada, visto que ainda não existem estudos científicos que comprovam que a prática do Pilates sozinha resulta em emagrecimento.

O Pilates auxilia na perda de medidas, devido à readequação postural. Um músculo flácido e mal posicionado “ocupa mais espaço” do que um músculo com trofismo adequado.

Mas ainda não existe comprovação científica que o emagrecimento em si, ou seja, diminuição do tecido adiposo, possa ocorrer de forma efetiva apenas com a prática do Pilates.

Desta forma, caso seu cliente tenha como objetivo o emagrecimento e queira iniciar a prática do Pilates para iniciantes, o mais sensato é indicar que ele complemente o Pilates com a um acompanhamento nutricional e alguma atividade física aeróbia, por exemplo.

  • Meus pais são idosos, eles também podem fazer Pilates?

Claro! Por ser um método que é adaptado para as individualidades de cada cliente, o Pilates pode ser uma ótima opção para a prevenção de quedas e tratamento de dores crônicas nos idosos.

Os riscos de queda durante a prática do Pilates para iniciantes podem ser considerados menores que os riscos de queda na residência do idoso, pois durante a prática o profissional estará próximo do idoso, diminuindo assim consideravelmente o risco de acidentes.

  • Apenas 2 atendimentos por semana também dão resultados?

Essa também é outra pergunta muito comum quando apresentamos o plano de atendimento para os clientes.

Isso geralmente porque muitos estavam acostumados a frequentar a academia, no mínimo, cinco vezes na semana, ou a fazer caminhada nessa mesma frequência. E aí eles chegam ao estúdio e se deparam com essa nova realidade de atendimentos no Pilates para iniciantes.

Para explicar para o seu cliente que o atendimento à uma frequência semanal de duas vezes dá resultados significativos pode-se usar exemplos de outros alunos com os mesmos objetivos que os dele e que atingiram resultados satisfatórios.

Se o paciente quer fazer o Pilates devido à um desgaste na articulação do joelho, por exemplo, você pode mencionar outros clientes que também tem o mesmo quadro clínico e citar quais foram os benefícios atingidos pelo mesmo ao praticar o Pilates duas vezes na semana.

  • Por que Pilates faz bem tão para a Coluna?

Por ser um método que trabalha o corpo de forma global, o Pilates tem um ótimo resultado para as dores crônicas, principalmente para aquelas relacionadas à coluna vertebral.

Ao trabalharmos todos os planos de movimento, estamos incentivando, principalmente aqueles clientes que apresentam cinesiofobia, a “reacostumar-se” com o movimento no Pilates para iniciantes.

Ou seja, o cliente estará sendo preparado no estúdio para realizar as suas atividades diárias com menos receio.

  • Eu tenho Dor na Coluna, só posso fazer Pilates?

Não é raro que os pacientes que sofrem de dor lombar, principalmente crônica, iniciem o Pilates devido à indicação médica. E são justamente estes pacientes que fazem este tipo de questionamento.

Não existe na literatura científica nenhum estudo que comprove a supremacia do Pilates em relação às outras intervenções.

Mas, uma revisão sistemática feita em 2005, por Hayden e colaboradores, afirmou que exercícios que abordam o alongamento e o fortalecimento muscular têm melhores resultados em pacientes que sofriam de dor lombar crônica.

Sendo assim, não é correto dizer para o paciente que “ele só pode fazer Pilates”, mas caso ele queira realizar também outra atividade paralela ao Pilates para iniciantes ele pode e deve ser incentivado, pois dessa forma ele poderá ter seus resultados potencializados.

  • Por que tenho que seguir a respiração do Pilates?

Não só a respiração, mas todos os princípios são importantes. Martins (2013) afirmou que o Pilates tem um ótimo resultado no tratamento de diversas patologias, mas que devem ser seguidos seus princípios básicos.

Através da respiração do Método Pilates é possível que o cliente tenha uma melhor integração entre seu corpo e sua mente, auxiliando na fluidez do movimento e na ativação do centro, devido à fase ativa da expiração.

A maior ativação do centro através da expiração ativa leva ao fortalecimento do Powerhouse e à prevenção de lesões distais decorrentes da falta de estabilização central.

Ao executar os exercícios seguindo a respiração no Pilates para iniciantes, o paciente estará estimulando uma maior concentração, pois dessa forma sua atenção deverá se manter voltada para a atividade que ele está executando.

#3 Protocolo para uma 1ª Aula

O primeiro atendimento através do Pilates para iniciantes é decisivo para o engajamento do cliente em relação à continuidade da prática. E para que suas chances de realmente captar o cliente desde o primeiro atendimento aumentem, aqui vão alguns passos que você pode seguir:

1) Explique um pouco sobre o método e converse com seu cliente para entender quais são as necessidades e objetivo dele ao buscar o atendimento pelo Pilates para iniciantes.

2) Comece com alongamentos das áreas que mais precisam, baseado na sua avaliação. O alongamento irá adequar o corpo e a mente do cliente para o novo ambiente que ele está frequentando, além de iniciar a atividade de forma suave e tranquila.

3) Em seguida passe para o fortalecimento das cadeias musculares que mais apresentam demanda, segundo sua avaliação. Exercícios que demandam mais equilíbrio do que força contra resistência são uma boa pedida para dar início ao fortalecimento.

4) Faça de 3 a 4 exercícios em cada aparelho, alternando entre os grupos musculares enfatizados, para que o paciente não se canse muito rapidamente. Ao alternar entre todos os aparelhos, você irá introduzir aos poucos o cliente para o novo ambiente do Pilates para iniciantes.

5) Ao final realize um momento de relaxamento a seu critério, podendo ser através de alongamentos passivos de regiões musculares mais tensas ou através de uma breve massagem. O relaxamento irá readequar a frequência cardíaca do aluno para o mundo exterior.

Já imaginou ele fazer um exercício suspenso e em seguida ser liberado para ir embora? Qual será a sensação que este cliente irá ter ao sair do seu estúdio? Tudo isso deve ser levado em consideração, não somente no primeiro atendimento do Pilates para iniciantes.

#4 Dicas para a 1ª Aula

Como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica.

Sendo assim, o primeiro contato que seu cliente terá com o método Pilates para iniciantes e com seu estúdio tem um impacto significativo em relação à decisão do seu aluno sobre continuar ou não a prática do Método.

Para te auxiliar a persuadir o seu cliente, para que a decisão dele seja favorável, neste tópico iremos dar algumas dicas sobre quais condutas tomar na primeira aula:

1) Mantenha sempre o ambiente do seu estúdio muito bem organizado e aconchegante, desde a recepção. Ninguém quer receber atendimentos em um local desorganizado ou sujo.

2) Reserve um horário distinto para clientes que irão ter o primeiro atendimento de Pilates para iniciantes, pois dessa forma você poderá explicar para ele mais detalhadamente sobre o Método e sobre o seu diferencial em relação a outras atividades.

3) Converse com seu cliente sobre quais são as necessidades e objetivos dele ao buscar o Método Pilates.

4) Passe exercícios em todos os aparelhos, assim seu cliente poderá ir se familiarizando com cada um deles. Isso deixa o aluno mais animado. Já ocorreram casos de clientes em sua primeira aula em apenas dois aparelhos e eles ao final do atendimento perguntaram: “Mas aquele ali dá pra fazer o que nele?”. Não deixe seu aluno sair com essa dúvida.

5) Busque saber o que seu cliente já conhece sobre o Método e quais são os mitos que ele acredita sobre a prática do Pilates para iniciantes, para que eles sejam esclarecidos desde o início.

6) Explique qual o objetivo de cada exercício proposto.

7) Foque no alinhamento e posicionamento adequados do seu cliente durante a sua execução do exercício. E explique o motivo das correções, pois dessa forma ele entenderá que você se preocupa de forma individualizada com os detalhes. Mas, atenção! É necessário dosar essas correções, pois, como é o primeiro dia de seu paciente, um excesso de correções pode incomodá-lo.

8) Faça um momento de relaxamento ao final do atendimento. Este tipo de prática, além de diminuir a frequência cardíaca do cliente para que ele possa iniciar suas atividades rotineiras de forma mais leve, também funciona como um agrado por ele ter escolhido o Pilates para iniciantes como forma de sair do sedentarismo ou se tratar.

Concluindo…

O primeiro atendimento geralmente é cercado de uma certa ansiedade por parte do cliente, pois muitos chegam ao estúdio com um conhecimento muito superficial sobre o Método Pilates para iniciantes.

O papel do profissional neste caso é tornar o primeiro atendimento o mais agradável possível, por meio das explicações sobre o Método e na orientação da execução dos exercícios.

É muito importante que os exercícios propostos não sejam muito discrepantes em relação à capacidade do seu cliente, pois caso isso aconteça, esta será a principal impressão que seu aluno terá em relação ao Pilates.

A palavra chave é diálogo, questione seu cliente sobre como está sendo a execução daquele exercício, qual a percepção dele, pois além do feedback, seu cliente também se sentirá mais confortável em relação à atenção recebida.

Mas, e você? Já sentiu alguma dificuldade ao atender um novo cliente? Já passou alguma situação incomum durante um primeiro atendimento de Pilates para iniciantes? Conta para gente nos comentários!

 

Tags: equilibrio, pilates, mente, corpo, fit, fitness, saude, bem estar

Comentários

Escreva o comentário