Pilates na terceira idade

Pilates na terceira idade

Publicado por: Aline Campos Publicado: 18/04/2019 Visitas: 59 Comentários: 0

Pilates na verdade é o nome do criador do método, Joseph Pilates, o qual denominava a prática de “CONTROLOGIA “, que consiste em uma série de exercícios em que usamos praticamente só o peso corporal e, eventualmente, molas para facilitar ou tornar ainda mais desafiador o movimento. A prática da Contrologia exige 6 princípios:

  1. Respiração: é ela que favorece a organização do tronco, a estabilização da região lombo-pélvica e o relaxamento da musculatura inspiratória acessória dos ombros e do pescoço.
  2. Concentração: provoca a transformação do pensamento em movimento, dando-se importância a todas as partes do corpo para que os movimentos sejam realizados com eficiência. Durante a aula, o praticante deve estar com o pensamento ali e não “passeando” por outros lugares.
  3. Controle: está intimamente ligado à concentração e se refere ao aprendizado motor dos movimentos.
  4. Fluidez: somada à leveza, evita o desperdício de energia, permitindo a utilização apenas da energia necessária à realização daqueles movimentos.
  5. Centro: o chamado “POWER HOUSE”, ou centro de força. Um conjunto de músculos responsáveis pela sustentação da coluna e dos órgãos internos. Uma vez fortalecida, essa musculatura proporciona a estabilização do tronco e um alinhamento biomecânico com menor gasto energético.
  6. Precisão: melhora o controle e o equilíbrio dos diferentes músculos envolvidos num determinado movimento sem que haja gastos energéticos desnecessários, provocados por contrações inadequadas.

 

O Pilates tem sido uma forte ferramenta no combate às lesões relacionadas à coluna vertebral, por ser uma atividade que se constitui de técnicas que trabalham flexibilidade, postura, consciência corporal, equilíbrio, tônus e respiração. Através de exercícios específicos, o Pilates atua prevenindo lesões, por meio de um fortalecimento direto de músculos como Multífidos e Transverso do Abdômen, responsáveis por estabilizar e proteger a coluna vertebral.

Os exercícios de Pilates se aplicam tanto na fase aguda da dor, na qual se estabiliza a região lesionada, como na recuperação da musculatura ou da articulação afetada na fase da pós-reabilitação. O ambiente e o trabalho oferecidos pela técnica Pilates facilitam a intervenção baseada nos princípios de assistência permitindo que a evolução da reabilitação seja mais rápida.

Na terceira idade em específico, o Pilates é um excelente aliado, por ser uma atividade sem impactos, porém com carga, ele exige do idoso força e equilíbrio, trabalhando toda musculatura mais intrínseca à coluna, favorecendo o ganho e/ ou manutenção do equilíbrio, resistência muscular , condicionamento físico e bem estar .

O pilates está indicado para todas as idades e condições, desde crianças em que se trabalha o lado mais lúdico e gestual de movimentos, já prevenindo a má postura, até os idosos com quadros de artroses e de hipomobilidade.

A única contraindicação absoluta é NÃO fazer o Pilates!

 

Mais sobre Aline Campos

Studio Aline Campos
@alinennfisioo
@studioalinennfisioo
Rua Gláucio Gil 1246 sala 204
Tel: 985954175

Tags: pilates

Comentários

Escreva o comentário